E aí, machos… o que acontece com a vida sexual masculina depois dos 40? A ideia que temos é que as coisas tendem a esfriar cada vez mais, mas não é bem por aí. Enquanto o coração estiver pulsando e bombeando sangue para o corpo, nós somos sexualmente potentes. E chegou a hora de valorizar isso.

É claro que existem doenças sexuais e disfunções eréteis que prejudicam o bom funcionamento do órgão sexual. E é com elas que temos que nos preocupar, pois são as únicas capazes de impedir a vida sexual masculina plena depois dos 50, dos 60, dos 70… mas, para que isso seja possível, a cultura do autocuidado e preocupação com a saúde deve fazer parte do cotidiano masculino.

vida sexual masculina

Após os 40, é fato que a incidência de disfunção erétil aumenta consideravelmente. Porém, isso acontece devido às chances maiores do homem ter problemas de saúde que interferem no mecanismo de ereção.

Hoje, nós vamos falar sobre como prevenir essas doenças e garantir uma vida sexual masculina intensa depois dos 40.

A crise da meia idade

Vivemos em uma sociedade que supervaloriza a juventude. Somos considerados úteis, atraentes e válidos apenas enquanto jovens, mesmo que na prática a coisa não funcione bem assim. Um exemplo clássico é a dificuldade que homens a partir dos 40 encontram para conseguir emprego, mesmo possuindo muito mais conhecimento e experiência do que a maioria dos jovens.

Somos bombardeados com imagens de homens jovens e sarados o tempo todo, o que nos leva a acreditar que qualquer coisa diferente disso não é bom o bastante. Mas não caia nessa: a indústria da beleza incentiva esse tipo de padrão para que estejamos sempre insatisfeitos com nossa aparência e sempre dispostos a gastar rios de dinheiro para parecermos cada vez mais jovens.

vida sexual masculina

Além disso, a chegada dos 40 pode ser difícil por diversos outros motivos, principalmente no aspecto da autoavaliação, que acaba levando à crises existenciais. É o momento em que precisamos aceitar a aproximação da velhice, enxergar a finitude do ser e analisar a vida que levamos, o que precisa ser mudado e repensado.

A percepção de que o corpo já não tem o mesmo vigor da juventude assusta. Não tem como negar. Nessa fase, é comum haver um discreto aumento nos problemas de saúde, bem como mudanças no que diz respeito ao desejo e ao desempenho sexual, aspectos que mexem diretamente com nossa autoestima.

O vigor costuma ser uma das nossas características mais marcantes, vem a idade e muda esse quadro. A vida sexual masculina é um aspecto de profunda importância para nós.

Porém, essas são apenas as reações naturais de nossos corpos. É possível reverter a grande maioria desses quadros, basta querer e ter o conhecimento de como fazer isso.

Metade dos com mais de 40 anos sofrem de disfunção erétil

Pesquisas realizadas pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), em 2010, mostraram que 25 milhões de brasileiros têm algum grau de disfunção erétil, sendo 11,3 milhões afetados com os níveis moderado e completo. Ou seja: isso é coisa pra caramba.

A estimativa é de que a disfunção erétil afete 48,8% dos homens no país. Dá pra imaginar? Para que isso não se torne um problema ainda mais grave, é importante desmistificar o assunto, falarmos dele até a exaustão, para mostrar para todos os homens que há solução para qualquer caso, independente da gravidade. Sempre há solução.

vida sexual masculina

Para isso, é importante saber que a disfunção erétil pode ser um marcador de doenças vasculares. Caso seja o seu caso, é preciso verificar se tem diabetes, pressão alta ou cardiopatia. Além disso, fatores como tabagismo, obesidade, sedentarismo e alcoolismo também podem influenciar. Para garantir o bom funcionamento do amigão, saiba que todo o corpo também precisa estar funcionando bem.

Em determinados casos, próteses penianas podem resolver, tanto a inflavel quanto a maleável. Se ejaculação precoce é o problema que tem atrapalhado a vida sexual masculina após os 40, nós indicamos fortemente o Programa CAE4S. Um método 100% natural, discreto e sem efeitos colaterais. Não só garante o controle absoluto da ejaculação, como melhora também seu desempenho sexual como um todo.

5 dicas valiosas para melhorar a vida sexual masculina depois dos 40

Exercício físico é fundamental

Para garantir uma vida sexual masculina intensa como sempre foi, é preciso manter a forma, uma vez que a relação sexual nada mais é do que uma atividade física intensa. Claro, muito mais prazerosa do que as barras da academia.

Mantendo a rotina de atividades físicas em dia, você terá muito mais fôlego e disposição para dar conta de uma maratona de sexo.

Alimentação adequada

Você, leitor do Macho de Verdade, já sabe que os alimentos são poderosos aliados de uma vida sexual masculina ativa e vigorosa. Além de garantir hábitos de vida mais saudáveis e, consequentemente, um organismo funcionando a pleno vapor, alguns alimentos específicos podem ajudar a fornecer maior disposição e desejo na hora do sexo.

Clique aqui e veja quais alimentos você deve incluir na dieta para melhorar a ereção.

Não enrole o médico

Já passou a idade de ter medo de visitar um médico regularmente, né? É a sua saúde que está em jogo. É natural que alguns problemas de saúde possam influenciar na sua performance sexual, por isso, o ideal é ficar atento a qualquer alteração da normalidade. Antes prevenir do que remediar, principalmente se tratando da sua vida sexual.

Não tenha pudores

Chegar aos 40 é chegar naquele momento em que não cabe mais ter nenhum pudor na vida sexual masculina, nem restrição e nem uma fantasia não realizada. Tentar posições diferentes, contatos diferentes e até palavras diferentes durante o sexo são práticas que tornam o ato muito mais quente e prazeroso.

vida sexual masculina

Não é o momento para se retrair pela idade, muito pelo contrário. Pela sua experiência até aqui, é hora de se entregar de maneira ainda mais intensa aos seus desejos mais profundos. Você precisa e deve ter liberdade total com sua parceira durante o ato sexual para poder fazer aquilo que traz mais prazer para ambos. Perca toda e qualquer vergonha que ainda sobrou, macho!

Converse mais com a parceira

Muitas vezes, a queda do desejo sexual, ou problemas que surgem durante a prática do ato, podem ter uma origem psicológica que até mesmo você desconhece. Inseguranças, tensão no trabalho, estresse – essas e muitas outras sensações emocionais podem levar você a falhar ou até mesmo a não se motivar para a prática sexual.

A melhor maneira de driblar esse problema, entretanto, é conversar com sua parceira sobre o assunto. Isso vai aumentar ainda mais a intimidade entre vocês, aumentando também a capacidade do casal de resolver conflitos juntos. Além disso, ela pode te ajudar a procurar outras maneiras de intensificar seu apetite e desempenho sexual. As mulheres sabem mais sobre a vida sexual masculina do que a gente imagina!

E aí, Macho? Curtiu nossas dicas para manter a vida sexual masculina ativa mesmo após os 40? Se sim, não deixe de compartilhar o artigo com os amigos quarentões! 😉

vida sexual masculina

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of