Para você, ainda vivemos em um mundo onde estamos aprisionados por padrões de comportamento? Você acha que ainda existem tabus sexuais que nos prejudicam e impedem um sexo pleno e sem amarras?

Nós gostaríamos que as respostas para essas perguntas fossem negativas, mas acho que ainda não estamos em um patamar tão evoluído. Os tabus sexuais ainda existem, principalmente na cabeça das mulheres, e isso interfere de forma negativa e direta em suas vidas sexuais. E, por consequência, nas nossas também.

tabus sexuais

Por que principalmente na cabeça das mulheres? Bom, essa resposta é simples. A libertação da sexualidade feminina ainda está em andamento. Por mais que muitas mulheres já sejam livres de amarras de comportamentos e já se sintam mais confortáveis para agirem da forma como julgam certas, muitas ainda são retraídas pelas imposições da nossa sociedade que, infelizmente, ainda é conservadora e antiquada.  

Isso quer dizer que alguns de nós ainda julgam mulheres que fazem sexo no primeiro encontro, que usam roupas curtas e decotadas, que usam batom vermelho (inacreditável, mas ainda existe), que tomam iniciativa, enfim. Alguns homens ainda agem com a cabeça no século passado e isso acaba refletindo no próprio comportamento feminino.

Hoje, nós vamos falar sobre os tabus sexuais que ainda existem nos dias de hoje, além de apontar como eles podem ser negativos na busca de um sexo pleno e intenso. Que, afinal de contas, é o que todos os Machos de Verdade querem, não é verdade?

Qual o significado de tabu?

Antes de mais nada, é importante que a gente entenda o significado de tabu. Ele está ligado a uma proibição da prática de qualquer atividade social que seja moral, religiosa ou culturalmente reprovável.

Dizer que algo é um tabu pode significar que é sagrado e, por isso, precisa ser preservado daquilo que é profano ou impuro. Pode também significar algo perigoso, imundo ou impuro.

Cada sociedade possui os seus próprios padrões morais, e os tabus que existem em uma cultura podem não existir em outras. Os tabus são criados por necessidade de controle coletivo, tendo motivações políticas, econômicas e religiosas.

Como pensar fora da caixa?

Bom, se partimos do princípio que o tabu é uma forma de controle coletivo, quando pensamos sobre tabus estamos saindo da nossa zona de conforto.

Vamos citar um exemplo prático, para que faça mais sentido. Um dos tabus sexuais mais antigos do mundo trata-se do homem heterossexual que sente prazer com a estimulação anal. Imediatamente, você deve ter pensando “pô, mas pera aí…”. E essa é a reação comum, a esperada.

tabus sexuais

Porém, existe uma diferença entre você concordar com o tabu, aceitar um tabu ou se identificar com ele. Você concordar com o tabu é concordar que isso é um absurdo, que é imoral, que isso não existe. Você está reforçando o tabu e também o preconceito.

Agora, você aceitar esse tabu significa que você já leu sobre o assunto e sabe que é verdade que os homens sentem prazer na próstata e na região anal, e que isso independe da sua orientação sexual. Trata-se apenas de uma zona erógena e ponto.

Agora, se identificar com ele é ser esse homem hetero que sente prazer anal. E nenhum dos posicionamentos está errado. Existem fatos e julgamentos de valor. Você prefere acreditar em qual?

Ao termos medo de até mesmo falar sobre os tabus e conversar sobre eles, estamos negando sua existência. Concordam? Os tabus se alimentam dessa não aceitação coletiva (existem certos tabus que não falamos sobre para não dar a impressão que nós praticamos) para continuarem podando muitos desejos.

Pense o que você faria se não existissem tabus sexuais e normas morais. Provavelmente, você seria muito mais livre.

3 tabus sexuais que atrapalham o seu prazer

#3 – Forma física

Um dos tabus sexuais que permeiam a sexualidade masculina está ligado à forma física ideal da mulher. Isso é ruim para os dois lados: tanto para você, quanto para ela. Para ela, é óbvio: afirma a ideia de que o corpo dela não é bom o suficiente, que ela nunca vai ser desejada por um homem, que ela não é nada mais além de um corpo fora do padrão. Isso só reforça sua insegurança.

tabus sexuais

Para você, pois impede que você conheça mulheres incríveis que fujam de um determinado padrão estético. Mulheres gordinhas, com celulites, estrias, carecas, com deficiência física… é preciso abrir a nossa mente e abandonar os preconceitos. A aparência é um atrativo, é claro, mas não é a única coisa que importa. Abandone estereótipos e se permita viver novas experiências.

Para te ajudar nesse aspecto, confira nosso post sobre celulite e a valorização dos corpos femininos. Ele vai te ajudar a ver as coisas por um outro lado! 

#2 – Sexo a três

Mas, calma… não é o sexo a três que você está acostumado e que, provavelmente, está nas suas fantasias: aquele menáge à trois clássico de duas mulheres e um homem. Um dos maiores tabus sexuais de todos os tempos mesmo é o sexo a três com uma mulher e dois homens.

Além disso, essa é também uma das maiores fantasias sexuais femininas e que acabam morrendo na praia, pois elas sabem que a maioria dos homens heterossexuais não topariam essa experiência.

Mas, por que? Isso está diretamente ligado a um dos maiores motivos de insegurança masculina: a orientação sexual. Grande parte dos homens acredita que, ao topar um menáge com outro homem, isso afetaria sua masculinidade. Que isso o tornaria gay. Que obrigaria que ele interagisse com o outro homem, não só com a mulher.

tabus sexuais

E não é bem por aí. É totalmente possível um menáge com dois homens heteros e uma mulher. É ela quem vai aproveitar a maior diversão. Vocês, entre si, não precisam ter nenhum tipo de contato. E o tesão de ver sua mulher sendo penetrada por você e mais outro cara ao mesmo tempo ultrapassa todos os tabus sexuais. Tente pensar fora da caixa!

#1 – Estimulação anal

Esse não é apenas um dos maiores tabus sexuais de todos os tempos: ele é o maior. E nós entendemos. Todos nós entendemos que é complicado aceitar o prazer anal sem uma conotação homossexual. Mas é algo que precisa ser feito.

E por que? Nós só estamos perdendo com isso. Ao mantermos esse tabu, estamos nos privando de viver experiências extremamente prazerosas, de ter orgasmos únicos. Pense comigo: como uma área do seu corpo (que é, naturalmente, erógena) pode determinar se você é gay ou não? Na prática, mesmo, não faz o menor sentido.

Sendo sua parceira a pessoa a praticar a estimulação anal, isso se torna apenas uma outra forma de vocês se divertirem juntos. Tente se livrar desse tabu e veja como a experiência sexual pode atingir níveis muito mais intensos de prazer e de intimidade.

Essa foi a nossa reflexão sobre tabus sexuais no universo masculino. O que você pensa sobre o assunto? Concorda com a gente ou acredita que estamos sendo muito liberais? Nós queremos te ouvir: deixe sua opinião nos comentários ou, caso preferir, nos envie um e-mail para: [email protected].

tabus sexuais

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of