Você já ouviu falar no termo Hentai? Sabe a origem e o real significado da palavra? Hoje, aqui no Macho de Verdade vamos abordar diferentes conteúdos que envolvem o porno hentai, bem como suas maneiras de produzir pornografia para os mais diversificados gostos, preparado?

Embora seja um pouco confuso, o termo possui dois significados que podem variar entre os japoneses e os americanos.

O conteúdo ligado a material bizarro, extremo ou anormal, por exemplo, está relacionado com o hentai que os japoneses consomem.

Porém, os americanos usam o termo para referenciar qualquer animação, mangá ou cartoon, que tenha conteúdo sexual. Seja ele pornográfico ou erótico, leve ou extremo.

Porno Hentai: pornografia ou arte?

Algumas pessoas ainda confundem mangás e animes que sejam hentais com pornografia. Essa dúvida é comum visto que o termo americano sobre o hentai é, ainda, o mais popular.

Portanto, é importante destacar que mangá ou anime hentai não é somente pornografia, e sim uma arte erótica.

Essa arte é descrita através de imagens explícitas ou não, e possuem valores morais e sentimentos que podem ser perceptíveis facilmente.

Japão e a indústria hentai

A teoria mais forte sobre hentai é de que foi inspirada em formas de artes eróticas japonesas a vários séculos atrás, período de 1600 a 1867.

Nessa época já era comum a utilização de gravuras, conhecidas como ukiyo-e, que abordavam todos os tipos de temas como a nudez e o sexo.

porno hentai

Esse tipo de conteúdo era utilizado como forma de guia sexual para os recém-casados, ou como objeto para auxiliar a masturbação.

Porém, com a introdução da cultura ocidental no japão, passaram a ter grandes barreiras morais à nudez em público. Com isso, as imagens ukiyo-e continuaram a existir de maneira mais escondida.

Assim as genitálias masculinas passaram a ser censuradas em artes eróticas, obrigando os artistas a não desenhá-las. Complicado, né? Principalmente para um período que estava acostumado a abordar de forma mais ampla e explícita um conteúdo sexual.

Porno Hentai

No ano de 1986 foi que começou o hentai como conhecemos hoje. Isso é, a criação de conteúdos sexuais envolvendo tentáculos ou outras características fora do comum.

Anos antes foi decretada a proibição de pelos nos desenhos hentais. Em 1991, essa censura foi abolida e alguns desenhos passaram a incluir em suas obras os pelos pubianos.

Contudo, o porno hentai ainda é representado, além das abordagens extremas, como também a ausência de pelos em suas gravuras.

Portanto, para os que não conhecem e aos amantes desse tipo de conteúdo sexual, vamos apresentar logo abaixo alguns exemplos de porno hentai ligado ao termo americano. Confira:

Gakuen Saimin Reido

O porno hentai Gakuen baseia-se na história de um garoto feio e desprezado pelas mulheres. Até que tem em mãos um dispositivo que possui um poder de colocar qualquer pessoa em estado hipnótico.

porno hentai

Basta ele tirar uma foto e durante esse período de tempo, ele pode modificar a vontade de resposta da maneira que ele quiser.

Kangoku Senkan

Em uma era onde a raça humana se espalhou pelo espaço, o território da humanidade se expandiu por todo sistema solar.

porno hentai

Em pouco tempo, o “espaço” da humanidade será tão vasto que a Terra não será mais o seu lugar de origem.

Taimanin Yukikaze

Mizuki Yukikaze e Akiyama Rinko são as novas integrantes da corporação, e estão sob ordens de sua renomada professora, Asagi.

porno hentai

Elas terão que se infiltrar no grupo das trevas como falsas prostitutas. Contemple-as dando seus corpos e almas com o intuito de cumprir a “missão”.

Você pode conferir esses e outros pornos hentais clicando aqui. Lembrando que o Blog Macho de Verdade não incentiva o consumo de conteúdos adultos que infringem leis e contenham materiais infantis ou desrespeitosos ao corpo humano.

Se você gostou desse artigo, então não esqueça de compartilhá-lo com os amigos nas redes sociais.

Até breve.

porno hentai

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of