Imagine poder tomar o seu chope preferido no conforto da sua casa, na sua poltrona preferida, assistindo um futebol na TV. Pode até parecer um sonho, mas acredite, isso é possível, caso você tenha um growler.

resmungão

E não só isso: pode ser transportado para um churrasco, para o clube, para a pelada esperta do final de semana, para a praia.. na verdade, para onde você bem entender.

O nome complicado, na verdade, se refere a uma coisa bem simples. Trata-se de um recipiente em forma de jarra que pode ser feito em cerâmica, vidro ou aço com uma boa tampa vedadora, e serve para transportar o chope do bar para casa.

Normalmente, o tamanho padrão é de 2 litros, mas existem growlers de tamanhos variados e formas inusitadas. Sua tampa permite a conservação de seu chope preferido por até uma semana na geladeira.

A história do growler

Os growlers evoluíram muito até chegarem nesse formato anatômico e funcional que conhecemos hoje. No século 19, esse era o nome dado aos baldes de aço galvanizados que transportavam cervejas.

Com a lei seca americana, já no século 20, esse item caiu em desuso, já que o transporte de bebida alcoólica era proibido por lei.

resmungão

Nos anos 50, a ideia de ter um recipiente para transportar cerveja voltou a aquecer o mercado. Agora diferente dos baldes do século anterior, a grande sacada era usar embalagens de papelão, tipo as caixas de leite de hoje em dia, ou aquelas caixas de comidas chinesa.

Na década seguinte, algumas pessoas já faziam o transporte em garrafas plásticas.

O problema (ou talvez a solução) é que, com o passar do tempo, vamos ficando cada vez mais exigentes. Se antes transportar sua bebida para casa era o grande objetivo, agora a grande preocupação era manter a qualidade do elixir para desfrutar sua bebida onde quiser, por um maior período.

Por unanimidade, atribui-se a invenção do growler à cervejaria Otto Brothers Brewery, no final do século XIX, que hoje se tornou a Wildlife Brewing, do estado americano de Idaho.

Muita coisa mudou desde o começo, mas foi em 1989 que os irmãos Otto compraram uma máquina serigráfica e começaram a gravar os garrafões de vidro que conhecemos hoje.

O nome do recipiente ficou conhecido como growler por conta do som que o chope emitia ao sair do barril somado a gritaria que os cervejeiros ao redor faziam, isso no século 19, quando o growler ainda era um balde.

Por que ter um growler?

A modernização dos growlers tem ajudado os cervejeiros a manterem a qualidade do seu produto. Hoje em dia, eles são fabricados em vidro âmbar ou cerâmica, o que ajuda a reduzir a incidência de luz no interior da garrafa.

resmungão

A tampa normalmente é de pressão, rolha ou até mesmo rosca com vedação em silicone, evitando a perda de gás do chope.

Além disso, ele é reutilizável, basta lavá-lo após o uso e enchê-lo novamente quando quiser.

A melhor parte, nós deixamos para o final. Abastecer o seu growler com o chope direto da máquina e levar para casa sai muito mais em conta do que bebê-lo no bar. Além de ser conveniente, beber cerveja de qualidade acaba saindo mais barato.

Temos exemplos em que a recarga de 2 litros custa em torno de R$ 30,00, enquanto copos de 500ml custam R$ 18,00 a R$ 22,00, da mesma cerveja.

Onde encontrar um growler?

Agora que você já conhece mais sobre essa maravilha, fica a questão: onde comprar um growler? Selecionamos 3 opções super bacanas para você:

#1 – Growler Caveira – R$49,90

resmungão

Estiloso pra caramba e um ótimo custo-benefício. Esse modelo é de vidro, tem capacidade de 2L e tampa de rosca.

# 2 – Growler Bob Dylan – R $ 79,90

Que tal um growler do Bob Dylan? Esse é em vidro, padrão americano, 1,89L e tampa de rosca, com anel interno de silicone. No site, tem outras opções de artistas do rock.

#3 – Growler Branco – R$119,90

Os growlers de cerâmica são mais caros. Ele tem um fecho vedante e comporta 2L.

Se você curtiu o conteúdo, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais! 😉

resmungão

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments