Os filmes pornôs fazem parte da vida de 9 em cada 10 homens. Não tem como negar. Mesmo se você, atualmente, já passou dessa fase e prefere o real, tête-à-tête, provavelmente o pornô já foi deveras presente na sua adolescência, juventude e início da vida adulta.

filmes pornôs

Faz parte da construção do caráter masculino, no fim das contas. Mas, será que isso é uma coisa boa? A maioria das mulheres diria de prontidão que não, óbvio que não.

Afinal, os filmes pornôs passam longe da realidade, o que acaba criando, para os homens, um imaginário distante e ilusório do que é o sexo e como ele deve ser executado.

A objetificação das mulheres na indústria pornográfica é feita de maneira intensa, logo, está explicado o porquê da opinião negativa feminina em relação aos pornôs.

Os filmes nos ensinam a tratar mulheres como uma máquina de nos proporcionar prazer, o que é completamente errado e doentio.

filmes pornôs

Alguns de nós, quando amadurecemos, conseguimos enxergar essa problemática. Outros, porém, não conseguem e ficam para trás.

Seguem insistindo nos padrões sexuais irreais e levam uma vida cheia de problemas de autoestima e também nos relacionamentos.

Não seja esse cara, ok? Os pornôs servem apenas para aliviar nossas necessidades físicas. Não carregue os estereótipos de lá para a vida real.

Além disso, especialistas garantem que assistir filmes pornográficos em excesso pode contribuir para que tenhamos algum tipo de disfunção sexual.

Aquele tipo de problema que todo homem quer passar longe a vida toda, e que pode ser desencadeado pelas altas expectativas mostradas nos filmes eróticos, além da prática da masturbação em excesso.

filmes pornôs

A pornografia também desencadeia a ansiedade de desempenho, pois atua diretamente no processo de enraização da falta de poder em cima da própria masturbação. o cérebro processa que tudo acontece de forma mecânica e rápida, para acabar logo.

E é isso que gera a necessidade de ter a pornografia sempre disponível na hora de se masturbar, atrapalhando, assim, o desempenho na cama com a parceira. Se você quer saber mais sobre a relação entre disfunções sexuais e pornografia, clique aqui.

Porém, nem tudo tem apenas lados ruins. Os filmes pornôs, no fim das contas, nos ensinaram bastante coisa, que, se tivermos discernimento e um pouquinho de noção, podemos aplicar de maneira proveitosa no relacionamento. Você sabe quais são esses ensinamentos?

8 coisas que todos os homens aprendem com os filmes pornôs  

#8 – Agir como se quisesse fazer em todos os lugares

Sim, eu sei que nos filmes pornôs, o casal está atuando, todos sabemos disso. Porém, a ideia de estarem sempre dispostos e prontos para o sexo é muito afrodisíaca. Boa pra ser imitada.

filmes pornôs

Isso não quer dizer que você deve cobrar da sua parceira o sexo a todo momento.

A lição que fica é a de manter o sexo frequente no dia a dia, não só com o ato em si, mas em conversas sobre o assunto, mensagens e fotos trocadas entre vocês, fantasias compartilhadas.

Fazer com que ela sinta vontade de transar a todo momento e demonstrar que transar com ela é a melhor coisa que existe nesse mundo. Pois, provavelmente é mesmo. Então, deixe que ela saiba disso.

#7 – Novas ideias, novas experiências

O pornô sempre pode servir como uma inspiração. Posições diferentes, locais diferentes para transar, movimentos diferentes para experimentar…

filmes pornôs

Você pode acabar descobrindo que a preferência da sua parceira é sexo anal, ou que a fantasia dela sempre foi transar amarrada e vendada.

Os filmes pornôs são inspiradores para liberar nossas fantasias mais íntimas. Novas ideias sempre deixam o sexo mais quente.

#6 – Não precisamos nos preocupar com expressões e barulhos

No sexo, tudo é permitido, desde que consentido. Nos filmes pornôs, nós vemos as mais diversas expressões faciais dos atores quando eles estão chegando ao clímax, real ou fictício.

filmes pôrnos

Até mesmo os homens estão liberados para gemer e fazer barulhos, algo que pode ser diferentemente interessante.

Nós gostamos tanto de ver nossas parceiras sentindo prazer e demonstrando isso através de gemidos, por que elas não podem ter o mesmo privilégio?

Libera os gemidos, cara. Você não será menos macho por conta disso. Muito pelo contrário.

Além disso, ficamos desencanados em relação às expressões bizarras de prazer que fazemos. Não tem como ficarmos belos e impecáveis quando estamos gozando.

Ainda bem, né? Os pornôs mostram isso para gente de uma forma bem… real.

#5 – Não precisamos nos apegar a detalhes

O sexo tem a ver com libertação, intimidade, conexão, prazer, e não para analisar o corpo do outro, nem nada assim.

Nos filmes pornôs, a ação é o que realmente importa. Se existem pelos, a mais ou a menos, se existem imperfeições nos corpos, nada disso importa na hora H.

#4 – Locais inapropriados são perfeitos

O que, vai dizer que transar na cozinha da casa da sua mãe não é a melhor ideia que vocês já tiveram antes?

filmes pôrnos

Tudo bem que os filmes pornô as vezes exageram, mas a gama de locais inapropriados para transar podem servir como inspiração.

Crie um clima em um local que vocês não podem se expor. Isso aumenta ainda mais o tesão! Confira aqui nosso post sobre locais inusitados para transar.

#3 – Fantasia da mulher de salto

Essa fantasia toma conta de muitas imaginações masculinas… vai dizer que você nunca imaginou sua parceira usando apenas salto alto enquanto vocês transam? É uma imagem e tanto!

filmes pôrnos

#2 – Valorizamos ainda mais o visual

Todos dizem que nós, homens, somos seres visuais, quando se trata do sexo. Ver o que está acontecendo deixa a gente extremamente excitado. E os filmes pornôs reforçam isso.

Aplicada na vida real, essa teoria é interessante. Nós passamos a ver nossa parceira como aquela verdadeira deusa do sexo, e tudo que ela faz com a gente é absolutamente maravilhoso de assistir.

Aquela visão privilegiada enquanto ela te chupa merece um Oscar. Quem precisa de pornô, afinal?

#1 – Inserir uma sacanagem no roteiro

Antes dos pornôs, dificilmente acreditaríamos que falar umas sacanagens na cama pode ser bom tanto pra nós, quanto pra elas. Mas isso é um erro.

filmes pôrnos

As mulheres gostam, sim, de ouvir umas putarias no ouvido. Você só precisa descobrir o que sua parceira curte escutar. Pode ser que uma palavra específica soe agressiva para ela, e outra não. Tudo é questão de conversa.

Tá esperando o que? Compartilha aí o conteúdo com os amigos, pô! 😉

E se você quer saber como deixar sua parceira subindo pelas paredes e dar orgasmos incríveis à ela, tenho uma dica especial: um método simples para dar mais prazer à sua parceira e à você mesmo. Para descobrir o conteúdo exclusivo basta clicar no banner abaixo.

filmes pornôs

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of