A desconfiança no relacionamento é um fator capaz de influenciar intensa e negativamente a vida a dois. E, na maioria das vezes, a origem dela é na insegurança.

Hoje, vamos falar sobre as causas e consequências da desconfiança e como conseguir torná-la mais leve e controlável.

desconfiança no relacionamento

É completamente natural se preocupar quando você está em um relacionamento. Afinal de contas, um pouco de ansiedade ou preocupação sobre como as coisas estão indo, se tudo está se movendo de forma rápida ou lenta demais, é saudável e produtivo.

Em doses adequadas, todo homem precisa saber se o relacionamento está indo na direção certa ou não. Desde que, para chegar a essa conclusão, não sejam feitas especulações descabidas.

Por outro lado, um comportamento negativo é o de se encontrar constantemente e incessantemente preocupado em relação ao comportamento da sua parceira.

Isso não é nada saudável para você, nem para ela. E muito menos para o relacionamento de vocês. Essa atitude demonstra insegurança, falta de autocontrole e dependência emocional. Se isso for realmente constante em sua vida, é hora de buscar soluções.

Se você já percebe essa insegurança em suas ações, aconselhamos que descubra os benefícios do Efeito Alfa. Esse curso ensina, passo a passo, como possuir as características de um Macho Alfa. Aquele homem que inspira confiança, que possui equilíbrio físico e emocional. E que também passa essa sensação de segurança para a vida sentimental, profissional e sexual.

desconfiança no relacionamento

A preocupação e desconfiança excessivas são realmente tóxicas. Encontrar-se em uma estado constante de pânico e preocupação só fará com que você atraia coisas negativas para o relacionamento.

Para resolver esse problema, é preciso descobrir qual a origem dele, qual sua forma de manifestação e qual é a melhor forma de resolvê-lo.

Algumas perguntas a si mesmo já contribuem para definir melhor essas situações. Então, pergunte:

    • Por que tudo parece ser tão preocupante e ameaçador para você?
    • Quais das suas atitudes e comportamentos intensificam a sua desconfiança?
  • Como você pode fazer para acabar com isso?

A desconfiança destrói o amor

desconfiança no relacionamento

Um homem que não confia em si mesmo e no seu relacionamento está sempre com a mente receosa. E fica captando significados ocultos que mais ninguém considera existir.

Pode ser uma maneira devastadora de viver, enxergar o mundo através de uma lente hipervigilante, não é verdade?

Esse tipo de pensamento descontrolado de desconfiança pode se transformar em um transtorno de personalidade paranoide.

Isso significa um estado avançado no quadro da paranoia, em que você pode achar que há um “problema”, mesmo que não tenha.

Para que não chegue a tanto, é preciso lidar com a desconfiança no relacionamento e impedir que ela atrapalhe a vida do casal. Ou ainda pior, destrua o amor que há entre vocês.

Preocupar-se é importante, mas a paranoia adoece

desconfiança no relacionamento

Se você está constantemente preocupado com o rumo que seu relacionamento está tomando, é bem possível que você esteja influenciando diretamente na sua saúde e harmonia.

Isso acontece pois quando você se preocupa, seu corpo entra em uma “luta” ou “fuga” constante, a fim de tentar lidar com o que você está sentindo. Por vezes, pensamos tão exaustivamente sobre algo, que acabamos chegando a conclusões irreais e ilusórias. Portanto, a desconfiança no relacionamento influencia diretamente nesses pensamentos fora da realidade.

Mas isso não é tudo. Sabemos que a desconfiança destrói o amor, mas, além disso, a preocupação e ansiedade excessiva em relação ao seu relacionamento adoecem. Isso mesmo, podem deixar você doente, mas doente mesmo, de fato.

Quando os hormônios do estresse são liberados no seu corpo, logo começam a surgir dores musculares, tensão, ritmo cardíaco acelerado, dores de cabeça… Dentre outros desconfortos desnecessários.

Preocupação excessiva afeta o comportamento

desconfiança no relacionamento

Não é nada surpreendente o fato de que, se você vive estressado ou preocupado com a relação, essas mudanças afetarão diretamente seu humor e comportamento. Muitas vezes, você pode começar a descontar na sua parceira, brigar ou atacar por qualquer motivo.

E isso, além de te distrair, acaba tomando conta e ditando as regras do seu relacionamento e do seu humor. Por isso, se você estiver preocupado com cada detalhe, comportamento ou atitude que sua parceira toma e deixa de tomar por você, atenção! Pois, é bem provável que a confiança precise de uma alavancada. Então, o que você pode fazer com relação a essa preocupação excessiva?

Bom, se você está realmente disposto a colocar um ponto final na desconfiança no relacionamento, é importante descobrir exatamente todos os motivos e as causas dessas neuras e preocupações.

Identifique as causas da desconfiança no relacionamento

desconfiança no relacionamento

Bom, para que seja possível descobrir exatamente todas as causas das desconfianças no relacionamento, é preciso fazer uma lista real daquilo que está causando todo esse estresse e ansiedade em você. Anote!

Coloque tudo para fora, pois, uma vez que você enxergar aquilo que está incomodando, também poderá começar a tomar as medidas necessárias para lidar com cada problema e retomar o controle da sua vida e do seu relacionamento.

Muitas vezes ignoramos as sugestões e conselhos que envolvem o ato de escrever sobre nossos sentimentos. Porém, essa pode ser uma forma importantíssima de autoconhecimento.

Para que seja possível superar problemas internos, é preciso avaliar o que está acontecendo internamente, nos mínimos detalhes. E então buscar soluções adequadas para cada situação.

Inicie a mudança de atitude

Ao revisar sua lista, é muito importante perceber que algumas causas da sua desconfiança no relacionamento podem ser anuladas logo de cara. Por exemplo, sua parceira faz uma viagem de negócios e você fica preocupado se isso será algo constante, principalmente por ela estar distante de você.

O importante nesse tipo de situação é tomar medidas que possam lhe ajudar a gerir esse estresse. Que tal criar um plano e ter uma conversa séria e esclarecedora com sua parceira?

Decidir em conjunto sempre é a melhor maneira de construir a confiança dentro de um relacionamento. Dessa forma, os sentimentos e realidade ficarão tão claras para você, quanto para sua parceira.

Investir no diálogo é sempre a maneira mais fácil e rápida de esclarecer o que realmente incomoda na vida amorosa de um casal. Por sinal, você pode começar a praticar isso hoje mesmo!

Antes de mais nada, é preciso também que você entenda que você precisa ter fé e confiar na sua parceira, no seu relacionamento e em si mesmo. Não permita que suas próprias inseguranças sejam responsáveis pela sua queda.

Nem todos os aspectos da desconfiança no relacionamento estão nas nossas mãos

desconfiança no relacionamento

Sim, não adianta achar que você conseguirá resolver tudo e viver num relacionamento perfeito, pois isso não existe, meu amigo! Talvez você esteja ansioso com relação à gravidade atual do seu relacionamento, ou talvez você já tenha chegado ao limite…

Mas se essas preocupações são aquelas que você vai ter que aprender, mesmo que na marra, a conviver diariamente, então, a melhor maneira de lidar de forma saudável com elas é dialogar com sua parceira. Deixar claro aquilo que poderia lhe fazer sofrer, emocionalmente falando.

Você não perderá nada por ser honesto. Você e sua parceira conseguirão, por fim, diminuir ou até mesmo acabar com boa parte dessas preocupações e investir em um relacionamento saudável, cada vez mais.

Existe coisa melhor do que assumir o controle dos próprios sentimentos?

Se você, a partir de hoje, procurar expressar aquilo que te preocupa, você não só aumentará a confiança com sua parceira, como também saberá entender como o comportamento dela não precisa influenciar negativamente no seu dia a dia.

Entretanto, se você ficar inerte e não fizer nada para mudar esse contexto, essas mágoas, preocupações e desilusões vão se acumular dentro de você. E isso irá corroer o resto de esperança que sobra de ainda dar certo com sua parceira.

Ao invés de ficar se perguntando o tempo inteiro onde sua parceira está, conquiste sua atenção com bom humor. Marque presença de forma romântica, e não inquisitiva.

Nós separamos um material gratuito para aqueles que desejam surpreender e demonstrar seu amor com criatividade. Você pode baixar gratuitamente.

Dessa forma, você terá domínio dos seus próprios sentimentos e poderá demonstrá-los de uma forma surpreendente e apaixonante.

Quais são as bases de um relacionamento saudável?

Certamente você já deve ter ouvido falar que o relacionamento saudável precisa ser enraizado na verdade e no companheirismo. Isso é dito com frequência pois aqueles que são construídos na fantasia costumam ter uma base instável. O que geralmente só significa desastre atrás de desastre.

desconfiança no relacionamento

Para isso, é preciso ter claro na cabeça que sua parceira é uma mulher de carne, osso, fraquezas e vacilos, como qualquer outro ser humano. A idealização de uma mulher perfeita só a distancia da realidade e faz com que você cobre reações e comportamentos perfeitos.

O homem que costuma idolatrar a parceira quer satisfação emocional a qualquer hora e de forma unilateral, e isso não é saudável. Uma vez que o homem percebe que sua parceira não corresponde a muitas das suas expectativas, ele começa a se frustrar. Além de ter dificuldade em construir um sentimento autêntico e saudável em relação à parceira.

Portanto, em vez de você fantasiar a mulher ideal, os comportamentos ideais e a forma ideal que sua parceira deveria agir, procure reconhecer as principais qualidades dela. E perceba que é possível, sim, fazer parte de uma relação em que nem tudo seja perfeito. É o natural, inclusive!

Se você procurar promover esses hábitos saudáveis de amizade, autodisciplina e integridade, sua parceira perceberá que você acredita em um relacionamento autêntico. Um relacionamento em que o sentimento romântico será apenas mais um componente que trará satisfação pessoal para ambas as partes. (E não correntes que prendem vocês um ao outro.)

A desconfiança no relacionamento pode ser facilmente associada à uma corrente. E então, que tal mudar essa situação e viver um relacionamento onde cada um tem o controle e as rédeas dos próprios sentimentos?

Como controlar ciúmes e desconfiança

desconfiança no relacionamento

Como um exercício de autoconhecimento, passe tempo enfrentando o motivo pelo qual você desconfia das pessoas. Se a sua própria vida tem sido uma série de reviravoltas, então esteja certo de que muitas outras pessoas também passaram pelos mesmos desafios, dificuldades e preocupações que você.

Então, evite fazer suposições sobre a pessoa que elas são agora. Pois, quando você é rápido em julgar outra pessoa sem dar a ela o benefício da dúvida, você arrisca tirar suas próprias conclusões baseadas nas suas próprias suposições e entendimentos, e não na realidade.

Você deve reconhecer o seu grau de ciúmes e aprender como amenizá-lo. Uma dose moderada de ciúmes pode ser válida para o relacionamento. Desde que seja moderada.

Entretanto, a desconfiança no relacionamento é diferente do ciúme. E a desconfiança não faz bem. Afasta, separa.

A desconfiança pode surgir por dois motivos básicos, se colocarmos de maneira resumida. A primeira, quando o parceiro tem um comportamento que gera o sentimento. Ou seja, dá ou deu motivos. Quem sabe já tenha sido infiel, vive um relacionamento desapegado, perdeu o interesse em algum momento do romance.

O segundo motivo é de ordem particular. Muito pessoal. Está na cabeça do desconfiado. Pode até ter uma razão externa: ter sido machucado, traído noutro relacionamento, por exemplo. Entretanto, não tem a ver com o parceiro atual. Tem a ver com traumas passados e inseguranças internas que interferem no relacionamento atual.

Identifique a causa para solucionar o problema

desconfiança no relacionamento

Para cada um desses casos, é importante ver qual a melhor forma de contornar a situação. As reações diferem quando sua parceira causou a desconfiança no relacionamento de vocês. Ou, pode até ser que ela seja ciumenta e a desconfiança parta dela. Se o caso for o último, temos um post incrível sobre como lidar com uma parceira ciumenta.

Porém, quando se trata de questões internas a serem trabalhadas, nós indicamos começar pelo agora. Pelo momento em que você está vivendo agora mesmo,  que é o mais importante de todos, o mais valioso, o mais frutífero e produtivo.

O ontem não pode ser alterado. E o futuro, nada sabemos sobre, mesmo tentando, mesmo especulando. Por isso, viver no passado não é uma maneira saudável de dirigir o seu comportamento presente e futuro.

Evite deixar más experiências passadas ofuscarem seu julgamento presente. Aprenda como impedir a si mesmo de dar respostas desconfiadas automáticas sempre que uma situação parecida aparecer.

Sinta-se à vontade para aprender com suas experiências passadas para ajustar sua ingenuidade e aprimorar sua resiliência, mas use o passado como um auxílio ao invés de um peso que lhe arrasta para baixo.

Você pode evitar cometer os mesmos erros novamente sem precisar recorrer a sentimentos de desconfiança no relacionamento e paranoia. Ao invés disso, confie em seu bom senso, confie no seu instinto, e mantenha uma mente aberta para ser guiado por novas experiências.

Se você curtiu o conteúdo, não deixe de compartilhá-lo nas redes sociais! 😉

Este post foi inicialmente publicado em 03 de Novembro de 2016
e atualizado em 16 de Maio de 2018.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Joana Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joana
Visitante
Joana

É muito difícil confiar em alguém nos dias de hoje, ainda mais com tantas coisas que facilitam tanto as traições, eu ando meio desconfiada do meu marido e estou usando um programa espião no celular dele e me esta sendo muito útil eu recomendo para vocês https://apinc.com.br