Quando o casal chega a conclusão que o divórcio é a única saída é porque a gota d’água já fez transbordar o balde, e nessa fase, começam a tentar entender como seria a vida depois que os papéis são assinados.

Alguns acreditam que a vida girará apenas em torno do trabalho integral e que todos os dias da semana serão como um final de semana. Fora isso, também acreditam que a vida apenas continuará seguindo seu curso da mesma forma que sempre aconteceu.

Zona de conforto: Por que os homens precisam sair dela e arriscar cada vez mais?

Um pouco de ingenuidade não faz mal a ninguém, não é mesmo? Mas saiba que não é bem assim que as coisas funcionam!

divórcio

O primeiro ano após o divórcio costuma ter uma curva de aprendizado muito grande para os homens que se permitem compreender tudo o que acontece ao seu redor.

E mesmo que esses homens divorciados voltem a se casar novamente, tudo continuará sendo digno de aprendizado.

Existe muito a se considerar após um divórcio, e os homens não costumam ter ideia de como as coisas podem ser bem diferentes, se comparadas com a época em que eram casados.

Como as coisas que eles gostariam de ter conhecido bem antes de se tornarem homens divorciados.

Não que isso teria mudado o resultado do casamento que não deu certo, mas sim porque algumas dessas coisas poderiam ter sido boas para prevenir tantas coisas no passado.

O divórcio tem seu lado ruim, mas também pode ser uma experiência fascinante de aprendizado, se você se permitir.

O que um homem deve esperar da vida após o divórcio?

Certamente você já ouviu falar que “o tempo cura todas as feridas”, certo? Acredite ou não, isso é realmente verdade, até certo ponto.

O tempo cura, sim, as feridas, minimiza a dor e o ódio que muitos homens costumam cultivar no coração e na mente após o divórcio. Mas se isso não funcionar, certamente a dor desaparecerá com o tempo, e assim é o divórcio.

Não estamos aqui tentando minimizar os sentimentos de homens que já se divorciaram, e sim fazer com que até mesmo quem é casado e feliz possa entender que o divórcio não é tirar férias intermináveis em uma ilha no Caribe.

divórcio

Assim como todas as outras dificuldades da vida, o divórcio também se torna esquecido e apagado, e geralmente o segundo ano é bem melhor que o primeiro.

Muitos homens afirmam que o primeiro ano não costuma ser muito agradável, e no caso de você ser uma daquelas pessoas que estão vivendo neste exato momento o primeiro ano de divórcio, apenas aguente firme, pois tudo será muito melhor, em seguida.

7 atividades e hobbies que fazem você conhecer mulheres de forma despretensiosa

Por isso, separamos algumas dicas para os divorciados aliviarem a carga negativa neste momento tão difícil. Vamos lá?

#1 – Aprenda a passar mais tempo consigo mesmo

Independente de você ter sido casado por qualquer período de tempo, é muito importante que você se permita ter uma quantidade plausível de “luto pós divórcio” antes de querer pular para o próximo relacionamento.

Ficar sozinho é uma maneira que a própria natureza oferece aos homens para buscarem entendimento e avaliar todos os cenários e porquês com relação ao último relacionamento.

Se você abrir mão disso, certamente acabará cometendo os mesmo erros que cometeu no relacionamento anterior, e suas chances de alcançar a tão sonhada felicidade apenas irão por água abaixo.

Por isso, dê esse tempo a si mesmo e procure crescer emocionalmente e entender o que você poderia fazer diferente na próxima vez.

Vida de solteiro: 8 grandes benefícios de estar sozinho e no controle da própria vida!

A primeira pessoa que você deve se apaixonar depois de um divórcio é consigo mesmo, cara!

#2 – Às vezes a bebida pode ser uma companhia agradável

Nenhum homem precisa se tornar celibatário após o divórcio, mas você definitivamente acabará por conhecer novos amigos: Jack Daniel, Jose Cuervo, Pino Grigio, Pinot Noir e um tal de Sam Adams. Mas aprecie-os com moderação, hein? Afogar-se em bebidas jamais será a solução para seus problemas após um divórcio, seja ele conturbado ou não.

Agora você precisará rever suas prioridades, encontrar um novo hobby, fazer amizades e não se trancafiar como se fosse um foragido da polícia.

Procure investir nesse tempo para avaliar seus erros, entender aquilo que você não soube interpretar e até mesmo procurar desenvolver mais sua autoconfiança.

Atravessar um divórcio e suas consequências é essencial, como se fosse um processo de luto.

Beber em excesso apenas adia o inevitável, mas com moderação, você pode, também se beneficiar.

#3 – No fundo do poço sempre existe uma mola

Se divorciar é como estar à beira de um abismo vazio e assustador. No entanto, dar os primeiros passos depois que ele acontece pode parecer algo realmente desafiador, e realmente é.

Mas depois de você cair e ficar lá por um tempo, você começa a apreciar o desconhecido e adota-o como se ele fosse uma oportunidade, uma espécie de mola que lhe alavancará para fora de toda aquela terrível situação.

Basta que você se agarre a toda nova possibilidade de viver bem que apareça em seu caminho.

Essas novas possibilidades podem vir na forma de um novo trabalho, educar-se mais através da leitura, encontrar um hobby ou conhecer novas pessoas.

Não é nada interessante comprometer-se com outra pessoa logo após o divórcio, pois as portas costumam se fechar para outras pessoas, que acabam percebendo em você uma certa imaturidade emocional.

Auto confiança: 5 passos para se tornar um homem mais confiante no amor!

Apenas conforme-se e dê tempo ao tempo.

#4 – Fazer drama não resolverá os problemas emocionais

O divórcio não é uma tragédia romana, permanecer em um mau casamento é! Afinal, ninguém quer desperdiçar o valioso tempo que temos neste planeta em uma relação que só se desgasta com o passar do tempo e que não tem nada de bom no decorrer dos dias.

E mesmo que você não queira, num primeiro momento, o divórcio, por que você ficaria em uma relação que não tem nenhuma chance de dar certo?

divórcio

O mundo e as pessoas são complexos, mas você certamente vai querer aproveitar da melhor maneira possível sua permanência.

Por isso, não tenha medo de investir em novos relacionamentos depois que você reconquistar sua saúde mental e entender que é hora de ir em busca da felicidade novamente.

Aprenda com a relação, sempre pensando e avaliando aquilo que você poderia fazer melhor da próxima vez e praticando isso com a próxima mulher que entrar em sua vida.

#5 – Os finais de semana jamais serão os mesmos

Os finais de semana e feriados podem ser extremamente dolorosos no começo, quando você percebe que as coisas não são mais tão calorosas quanto costumavam ser.

Durante o primeiro ano de divórcio, essas datas costumam ser mais difíceis pois você procrastina mais do que curte a vida.

Por isso, procure sempre praticar atividades que você gosta, seja com os amigos, com a família ou simplesmente sozinho, se você costumar se sentir bem consigo mesmo.

Isso não quer dizer que seus finais de semana eram extremamente surpreendentes quando era casado, mas o problema é que a maioria dos homens gostam da rotina, mesmo que elas não sejam tão especiais.

Para que você possa combater essa tristeza aos finais de semana e feriados, procure aceitar convites das pessoas mais próximas a você.

Dessa forma você acaba criando novas oportunidades e experimentando novas áreas para evoluir como pessoas e deixar para trás as lembranças ruins.

Como a mudança de hábito pode fazer de você um homem muito melhor?

#6 – Férias? É preciso muito jogo de cintura para aproveitá-las ao máximo

No que diz respeito às férias, talvez seja algo ainda mais desafiador, no caso de homens divorciados.

Enquanto uns veem ai a oportunidade de se esbaldarem em bebidas e mulheres, outros não são tão fortes a ponto de sair desenfreado e perdendo o controle da própria vida. Você precisa entender que essa é apenas mais uma oportunidade.

Mude o rumo das coisas, e não deixe que as coisas mudem você!

O divórcio é uma grande mudança para todos os envolvidos e a vida é sempre cheia de surpresas.

Você já deveria saber disso. Tanto o homem quanto a mulher alcançam o fundo deste poço, mas logo depois erguem-se e seguem a vida da maneira mais digna possível.

No entanto, algumas verdade sobre o divórcio são universais, e uma dessas verdades é que ele fica menos doloroso e muito mais fácil de lidar à medida que os meses e os anos passam.

divórcio

Saiba que, se você reler e ficar sempre de olho nessas dicas abordadas acima, será muito mais fácil e menos doloroso trabalhar no sentido de superar com muito mais facilidade o divórcio no primeiro ano, segundo ou terceiro.

A melhor maneira de passar de uma vida velha para uma completamente renovada é esquecer daquilo que não deu certo e recomeçar!

Que tal começar hoje mesmo a ser um homem melhor, se desgarrar do passado e ir de encontro a um futuro cheio de surpresas?

Quer compartilhar algum detalhe sobre sua história ou sobre seus problemas relacionados ao divórcio? Deixe seu comentário no campo abaixo e divulgue nas suas redes sociais.

divórcio

3
Deixe um comentário

avatar
2 Comment threads
1 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
3 Comment authors
LuciaMario BenevidesEudes de Jesus Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Eudes de Jesus
Visitante
Eudes de Jesus

O amor custa caro em qualquer idade.

Lucia
Visitante
Lucia

Engraçado, porque uma matéria que fala sobre sentimento e auto-conhecimento, uma busca que vários homens inteligentes têm feito nesse sentido atualmente aparece somente bunda e prostituta nos anúncios? Não vi nenhum comentário sobre filhos… A minha impressão é que todo divorciado não os têm… por que será que muitos homens perdem o casamento? Eles perdem a esposa ou perdem a mãe? Outra pergunta, que legado, que exemplo um homem pode… Read more »