Se você é fã, pode comemorar: Netflix anuncia nova série dos Cavaleiros do Zodíaco

0
1196

Se você viveu sua infância ou adolescência na década de 90, é muito provável que os Cavaleiros do Zodíaco tenham feito parte da sua história. O anime é um dos mais queridos pelos fãs brasileiros, que acompanham a série fielmente desde a época da TV Manchete.

Para os apaixonados pela década de 90, confira nosso top 10 melhores bandas dos anos 90!

Os Cavaleiros do Zodíaco transformaram os animes no Brasil em uma febre que nunca mais esfriou. Baseado nos mangás de Masami Kurumada, a estreia brasileira do desenho aconteceu em 1994.

O mangá foi lançado no Japão em janeiro de 1986. Não demorou muito para que a Toei Animation, famoso estúdio de animação japonês, colocasse o anime no ar, em 11 de outubro do mesmo ano.

Até o ano de 1989, foram transmitidos 114 episódios. Depois disso, a franquia passou por um hiato considerável e só voltou a exibir capítulos inéditos em 2003, 17 anos após sua estreia.

Uma breve história dos Cavaleiros do Zodíaco

Saint Seiya começou a ser conhecido no ocidente como Os Cavaleiros do Zodíaco depois que se tornou sucesso na França, em 1988. Tanto o mangá original quanto a adaptação em anime foram muito bem sucedidos em vários países asiáticos, europeus e latino-americanos. No entanto, nenhum deles foram dublados em inglês até 2003.

O enredo se concentra em um órfão chamado Seiya, forçado a ir ao Santuário na Grécia para obter a Armadura de Bronze de Pégaso. Trata-se de uma veste usada pelos 88 guerreiros da deusa grega Athena, conhecidos como Cavaleiros.

Após despertar o poder dos Cavaleiros, uma essência espiritual chamada de Cosmo (que se originou com o Big Bang), Seiya rapidamente se torna o Cavaleiro de Pégaso. Ele retorna ao Japão para encontrar sua irmã mais velha, pois esta havia desaparecido no mesmo dia em que ele foi ao Santuário.

cavaleiros do zodíaco

Saori Kido – a neta do homem responsável por enviar os órfãos para o treinamento – fez um trato com Seiya, para que participe do torneio Guerra Galática, onde os órfãos que sobrevivessem se tornariam Cavaleiros de Bronze. Se Seiya vencesse o torneio, Saori ajudaria na busca por sua irmã.

O torneio é interrompido pelo vingativo Cavaleiro de Fênix, Ikki – que tenta eliminar os vestígios de sua ligação com às pessoas que o forçaram a seguir o treinamento – roubando partes da Armadura de Sagitário e enfrentando os Cavaleiros de Bronze restantes (Seiya, Shun, Shiryu e Hyoga).

Com a derrota de Ikki, os Cavaleiros de Bronze são atacados pelos Cavaleiros de Prata, enviados pelo Grande Mestre do Santuário para eliminá-los. Enquanto lutam, os Cavaleiros de Bronze descobrem que Saori é a reencarnação de Athena e o Grande Mestre tentou matá-la ainda bebê. Daí pra frente, a história se desenrola em um enredo de tirar o fôlego!

Netflix anuncia série original dos Cavaleiros do Zodíaco

A Netflix deixou os fãs totalmente enlouquecidos ao anunciar uma série original de Cavaleiros do Zodíaco. Conhecida por seu cuidado com os fãs na hora de “resgatar” produções do passado, o serviço usou dessa reputação ao anunciar uma temporada de doze episódios, que deve recontar a clássica história criada por Masami Kurumada.

cavaleiros do zodíaco

Com a notícia, vêm também muitas dúvidas e desafios acerca dessa nova empreitada. Na esteira do sucesso da animação de Castlevania, a Netflix certamente viu no mercado de animes uma oportunidade com muito potencial de crescimento, e é bem clara a estratégia da empresa de se tornar um ponto central para os fãs de anime que não vivem no Japão.

Por outro lado, o novo anime vem com uma composição inédita de equipe criativa dentro da franquia, com roteiristas ocidentais trabalhando ao lado de diretores, produtores e animadores japoneses.

Embora o principal público ocidental de Cavaleiros do Zodíaco se concentre na América Latina (e, em especial, no Brasil), o batalhão de escritores com animações de super-herói americanas no currículo também dá a entender uma intenção de tentar, mais uma vez, emplacar o anime no lucrativo mercado dos Estados Unidos. Curiosamente, é um lugar onde a série nunca fez sucesso.

Veja outros animes que serão lançados pela Netflix

Se você adora animes, pode comemorar: a Netflix  liberou os títulos de animes e live-actions baseados em mangás que vão estrear em breve.

No começo do mês de agosto, o serviço de streaming disponibilizou a terceira temporada de Voltron: Defensor Lendário. Daqui para frente, estarão disponíveis: Little Witch Academia, Death Note (live-action), a quarta temporada de Voltron: Defensor Lendário, Fate/Apocrypha, Erased (Live-Action), Blazing Transfer Students.

Já em 2018, estão previstos a estreia da segunda temporada de Castlevania, DEVILMAN Crybaby, Kakegurui, Children of the Whales, Lost Song, Sword Gai: The Animation, A.I.C.O. – Incarnation -, B: The Beginning (Antes chamado de Perfect Bones).

E aí, macho? O que esperar dessa nova série da Netflix? Será que vai superar as expectativas? Para nós, fãs, pelo menos vai dar para matar a saudade!

cavaleiros do zodíaco

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of